Publicidade

sexta-feira, 18 de abril de 2014 História, Literatura, Política | 11:59

“Hoje as pessoas têm muito mais liberdade em Cuba”

Compartilhe: Twitter

Cuba está mudando. Pequenas mudanças, é certo, mas muitas o suficiente para, somadas, transformarem-se numa grande mudança. A estrutura do País pode ser a mesma, o sistema de partido único – o Partido Comunista acima de todas as coisas – continua vigente, os problemas e contradições seguem intensos, mas mudanças na economia e na realidade social vão provocar, cedo ou tarde, significativas mudanças políticas.

Cumprindo a sina de quase todo artista cubano quando está fora de seu país, o escritor Leonardo Padura precisou analisar o passado, o presente e o futuro de Cuba a partir do regime implantado pela revolução cubana, há mais de 50 anos. “Apesar dos problemas e limitações, hoje as pessoas têm muito mais liberdade de expressão do que tinham há alguns anos”, disse Padura.

É dele a avaliação das mudanças em Cuba, expressada esta semana, quando esteve na Casa do Saber do Rio, ao lado do colega brasileiro Frei Betto – foi um rico e bem humorado bate-papo sobre romance O homem que amava os cachorros, lançado no Brasil pela Boitempo Editorial.

Padura fez um périplo no Brasil nos últimos dias: primeiro esteve em Brasília, na Bienal Brasil do Livro e da Leitura; em seguida em São Paulo, num bate-papo com o escritor Ricardo Lísias, da jornalista Sylvia Colombo e do historiador Gilberto Maringoni. Por fim, no Rio com Frei Betto, com participação ainda do jornalista Leonardo Cazes, de O Globo.

No último, à certa altura, perguntado por que continua a viver em Cuba, apesar das dificuldades enfrentadas pelo país e das limitações de liberdade, por exemplo, Padura respondeu: “Moro em Cuba porque sou cubano”, seguido por muitos risos da plateia que lotou o auditório da Casa. “Vivo na mesma casa onde nasci, onde meu pai e meu avô viveram. Sou fundamentalmente um escritor cubano”, emendou, reconhecendo o vínculo não somente intelectual, mas também sentimental com o lugar em que se sente melhor para escrever.

Romance investigativo de fundo histórico

O homem que amava os cachorros Leonardo Padura Tradução Helena Pitta Boitempo Editorial 590 páginas; R$ 69,00

O homem que amava os cachorros
Autor: Leonardo Padura
Tradução: Helena Pitta
Boitempo Editorial
590 páginas; R$ 69,00

E como Padura escreve… O homem que amava os cachorros é um exemplo de uma literatura extraordinária. Nas quase 600 páginas da edição brasileira, o escritor narra magistralmente as trajetórias do líder soviético Leon Trotski (1879-1940) e de seu algoz, o militante espanhol Ramón Mercader. É um livro de ficção que narra fatos históricos, reais. Segue, portanto, a tendência contemporânea de romances investigativos de fundo histórico, mesclando ensaio, testemunho pessoal e realidade.

Ápice até aqui de sua literatura, O homem que amava os cachorros o levou à condição de um dos grandes escritores de língua espanhola – sendo comparado ao catalão Manuel Vásquez Montalbán. Nenhum exagero na comparação.

A referência onipresente a Cuba em todos os debates dos quais participou no Brasil não é gratuita. No pleno voo de uma imaginação ficcional conjugada com o rigor da pesquisa histórica, Padura transporta o leitor pela política dos anos 30 e 40 até Cuba dos nossos dias, depois do desmoronamento do bloco soviético.

“Quis utilizar a história do assassinato de Trotski para refletir sobre a perversão da grande utopia do século XX, esse processo em que muitos investiram as suas esperanças e tantos de nós perderam sonhos, anos e até sangue e vida”, explicou. É, portanto, uma obra de inquietação e desencanto com as utopias desfeitas pela realidade.

Antes que os anticastristas e chatos em geral se animem, convém alertar que, embora crítico da utopia socialista e cubana, Padura não adota maniqueísmos – atributo que faz do livro uma alta literatura.

Sua virtude foi não escrever um livro linear. Não fez de ninguém herói ou vilão. Retrata a sociedade cubana com vigor e talento ao mostrar as contradições do que significa a  tentativa de construção de uma sociedade socialista. Desmascara a vilania, o desrespeito, a violência desmedida e injustificável dos quais o socialismo não está livre.

Desmistifica a ideia poética de revolução – como disse Breno Altman num dos debates sobre o livro, promovido pela Boitempo em São Paulo, uma revolução é rara na história porque produz um preço muito alto em matéria de ruptura, estresse social e destruição, algo que poucas sociedades se dispõem a pagar.

Mas Padura faz tudo isso dando relevo ao que os personagens têm de humano. E como toda humanidade, repleta de contradições, complexidades, verso, reverso e anverso.

Mais política, menos arte

“Tenho pena de vocês, escritores cubanos”, disse-lhe Frei Betto no debate no Rio. “São vistos mais como pró ou contra o governo de Cuba do que como criadores de uma obra de arte. Você deve sofrer isso em muitos lugares”, completou, ao ressaltar que Padura não escreve para “dar recado”, e sim para pôr personagens dentro de “valores sérios, como a liberdade humana, a participação política, o amor, a diferença”.

Amigo de Fidel Castro, Frei Betto passou mais de uma década viajando anualmente a Cuba.  Durante o período construiu pontes entre o governo e a Igreja Católica cubana. Nenhum dos dois lados se bicava até o início dos anos 1980. Os bispos eram alguns dos maiores adversários de Fidel. Hoje Frei Betto concorda com o diagnóstico de Padura sobre as grandes pequenas mudanças de Cuba. Ele as vê de forma positiva, mas com preocupação:

“O principal inimigo não está fora de Cuba, não é o bloqueio econômico nem os EUA”, disse. “O maior inimigo é o absenteísmo, o autoritarismo, a dificuldade de reinventar e recriar a revolução cubana. Temo que Cuba venha a se tornar uma mini-China, guardadas todas as devidas proporções”. Por “mini-China” leia-se: um governo de caráter socialista com uma economia capitalista, capaz de trazer à sociedade cubana uma “série de anomalias”.

Trotski x Stalin

O escritor cubano Leonardo Padura: "A literatura é o reino da liberdade"

Leonardo Padura: “O romance é o reino da liberdade”

Leonardo Padura tinha 34 anos em outubro de 1989, momento em que o Muro de Berlim se inclinava perigosamente até começar a desmoronar e, semanas depois, desmilinguir-se. Padura acabara de visitar, na Cidade do México, a casa onde viveu e morreu Trotski. Transformada em museu, a casa parecia uma prisão, uma fortaleza onde a mão de Stalin foi capaz de chegar para assassiná-lo. O jovem escritor decidiu ali escrever um romance tendo Trotski como personagem.

Àquela altura, um dos principais líderes da Revolução Russa de 1917 ainda era um personagem desconhecido para a maioria dos cubanos da geração de Padura: quando Stalin se transformou no senhor absoluto da União Soviética e principal líder do que se convencionou chamar de movimento comunista internacional, Trotski virou o mais destacado dos hereges de um regime que não admitia dissidências. Tentou lugar com Stalin pela liderança da União Soviética após a morte de Vladimir Lênin em 1924. Perdeu, exilou-se em 1929 e se transformou no capeta em forma de gente pelo alto comando do Estado soviético. Estava marcado para morrer.

Até ali uma espécie de protetorado soviético, Cuba havia apagado dos cubanos qualquer vestígio de documento ou estudo sobre Trotski. “Em Cuba, não nos permitiam conhecer quase nada de Trotski”, lembra Padura, “e a única coisa que sabíamos é que tinha sido o grande inimigo da revolução, o grande traidor dos ideais bolcheviques. Isso despertou minha curiosidade”.

O romance, porém, só estaria pronto dez anos depois.

Uma trama policial com desfecho conhecido

Se um personagem é Trotski, sua saga errante no exílio até instalar-se no México, outro é o narrador, Ivan Cárdenas Maturell (o homem que amava os cachorros e, este sim, personagem fictício), vítima de uma atmosfera sufocante e de uma utopia frustrada. Para ele, porém, resta a esperança de que alguma vez a utopia inalcançada seja reconstruída.

O terceiro personagem-chave é, claro, o assassino de Trotski: Ramón Mercader (1914-1978), agente espanhol comunista que se infiltrou na casa do soviético na Cidade do México e cravou-lhe uma picareta na cabeça em agosto de 1940.

Soa curiosa uma trama policial cujo desfecho – o assassinato de Troski e suas circunstâncias histórica – é conhecido por todos. O talento ficcional de Padura salva o romance de um possível dilema de previsibilidade. Mesmo talento que o faz não tratar Mercader de maneira maniqueísta. Ele é algoz mas também é vítima.

Mercader era um lutador antifascista, tipo comum na Europa dos anos 1930. Participava da Guerra Civil espanhola quando foi selecionado pelos órgãos de inteligência soviéticos. Era um lutador normal convertido em outra pessoa, segundo Padura.

Mas Mercader não era um mero assassino de aluguel, um fanático a serviço das causas autoritárias de Stalin. Ele sabia o que estava fazendo e o fez por convicção e vontade. Foi um dos típicos militantes comunistas supostamente de boa-fé, acreditando que cumpriam uma exigência história para o desenvolvimento e triunfo da ideia socialista. Com isso, chegaram ao fanatismo e ao assassinato – Mercader e muitos outros.

Como afirmou Frei Betto no debate com o escritor cubano, a fé fundamentalista dos militantes comunistas é semelhante ao fundamentalismo religioso. Na União Soviética – país que visitou quatro vezes – constatou algo surpreendente: os revolucionários apenas haviam trocado o czar russo pelo secretário-geral do Partido Comunista. “A fé na autoridade passou a prevalecer sobre a fé na verdade”, disse. Para ele, Cuba nunca deu espaço para o pensamento fundamentalista, apesar de pagar todo o tributo que pagou à União Soviética.

Frei Betto garante que em Cuba não há mais hereges ou acusações, ameaças e punição a dissidentes. Padura reforçou: hoje há mais liberdade em Cuba. No seu argumento, até os anos 80 e 90, O homem que amava os cachorros não seria publicado por lá e possivelmente ele teria sido expulso do emprego. Tampouco ganharia prêmio no país, como ganhou – feito inédito em sua geração.

Sejamos simpáticos ou não à utopia cubana, é preciso reconhecer, no entanto, que a liberdade ainda incipiente faz naufragar a utopia do projeto da revolução tanto quanto o não cumprimento das expectativas criadas em torno dela.

 

Autor: Tags: , , , , , , , , ,

50 comentários | Comentar

  1. 100 Wilsonjsjr 20/04/2014 18:50

    Nossa. Que legal.. Hoje cuba tem a mesma liberdade que o Brasil do ai5….
    Que beleza. Bem que eles podiam ter um geisel por lá não é não?
    Lá pode…

  2. 99 Jorandir Gegoski 20/04/2014 1:07

    Parabens pela reportagem. Ate que enfim um escritor que mora em cuba falando bem de cuba. um paîs onde n’ao ha analfabetos. nao existe mortalidade infantil, e todos tem acesso a refeirçao. E importtante lembrar que o capitalismo no mundo e gerador de miseria e fome. ha no planeta 1,2 bilhoes de pessoas que passam frio e passam fome. e o planeta e capitalista. Precisamos aprender a julgar com imparcialidade. Eu sou defensor do socialismo democratico.

    • André 14/05/2014 23:19

      Agora eu vi Deus no comunismo.
      E assim se ouviu:
      Vos ludibriarei e os levarei ao meu curral.
      Lá vosso julgo será penoso.
      Vos castigarei com acoites e escorpiões.
      Vosso sangue será derramado; vossas mulheres violadas; vossos homens, desonrados. Suas crianças chorarão pelo que se espera o amanhã.
      Vos privarei da verdade e derramarei da minha loucura.
      Farei passar toda essa geração imunda e perversa para vos purificar da miséria e da dor que outro povos lhe causou. Somente assim seras digno da liberdade que eu vos der. Somente assim seras digno no compartilhar do meu pão.

      Maduro nasceu para o povo e o povo nasceu para Maduro.
      Diabolicamente sublime!

  3. 98 mauro 19/04/2014 22:57

    Esse “escritor” so escreve @#$%ˆ&*.

  4. 97 Sergio Mantovani 19/04/2014 22:34

    Legal, hoje os cubanos podem cagar sem ser monitorados !!

  5. 96 Antonio Barbosa 19/04/2014 22:13

    Falar sobre Cuba, o quê? Aquilo e nada é a mesma coisa. Um minhoca no meio do oceano que em breve vai consumi-lá. O que se pode esperar de um louco que fanatizou outros tantos para viver como rei e senhor do destino de milhões? Quem já foi à Cuba sabe que o país recuou no tempo; que o povo vive com medo e oprimido; que sua economia é um desastre; que seus médicos são escravos; que seus fanáticos vivem a pregar o comunismo stalinista para manter-se no poder eternamente como na Coréia do Norte (um poder de pai para filho e sucessivamente). Chamar Cuba de país ou pior ainda, de nação é uma afronta até para os mais pobres do planeta. Ali há um deserto de esperança, um vazio de aspirações, um vácuo de ilusões. Tornaram-se um povo apático e vivem apenas por se faz necessário.

    • Angelo G . Frizzo 20/04/2014 10:00

      Teus conhecimentos sobre Cuba são iguais a de todos os globidiotas. Mesmo com o terrorismo americano impedindo que cresçam, os Cubanos conseguem ser o Povo mais orgulhoso e com mais dignidade da América Latina. SEM analfabetismo, SEM fome, COM a melhor saúde (até do mundo)e, com mais LIBERDADE que o POVO americano que hoje precisa de “licença” especial para viajar fora do País pois são detestados (por causa de seus do terrorismo de seus dirigentes que mandam matar milhões anualmente) em TODO o mundo. Não ha presos políticos em Cuba, NÃO há criminalidade em Cuba, V~E se lê coisa melhor do que a VEJA (DA TURMA ABRIL/GLOBO/CACHOEIRA).

      • Roberto 22/04/2014 8:48

        Este é um pseudo-socialista q vive de utopia.

  6. 95 Luiz 19/04/2014 21:45

    Quem vê Cuba como uma maravilha, deveria se mudar de “mala e cuia” para lá e nunca mais voltar ao Brasil. Vão lá petistas e simpatizantes e NUNCA mais voltem!!!

  7. 94 douglas 19/04/2014 20:14

    Sem duvidas o escritor tem razão fala a pura verdade, quem é contra sabe de cuba por fofocas e se não olhar o mapa não sabe nem a onde ela esta, tipicos manés.

    • José Antonio de Abreu Xavier 19/04/2014 23:14

      Vai morar lá Douglas, vc vai adorar não é mesmo?

      • douglas 22/04/2014 22:27

        Não meu filho nossa missão é ensinar vocês, são muito infantis ainda.

  8. 93 Reinon 19/04/2014 19:44

    Inocente está na hora de mudar pra cuba !!!!!

  9. 92 eduardo 19/04/2014 19:30

    Depois desta eu vou migrar para o yahoo, gmai, ….e fazer questão de nunca mais visitar o IG. Estão achando o usuário IG (OU ex-USUÁRIO, no meu caso) com cara de idiota?

  10. 91 fabio 19/04/2014 18:59

    2900 presos politicas em cuba .e tem gente que acha que esta melhorando.

  11. 90 manuel gonzalez 19/04/2014 18:51

    A carta de um Cubano na Ilha

    Seu psiquiatra …

    Estou muito confusa , eu não sei … Sabe-se que para tudo há um “antes” e “depois”.

    Antes , a condição de migrar significava que ele tinha ” ido ” Aqueles de nós aqui “tinha sido”

    Mas ter ” IDO ” era muito ruim e eles fizeram imediatamente classificado como apátridas , traidores , vermes, bandidos , traidores, pró-EUA , fantoches, imperialistas , escória, putas , bichas , diques , arrastado , vendido, fantoches , confuso, desculpe , rachado, worms, ódio júnior e atenta aos cantos de sereia .

    Os ” QUEDADOS ” eram exatamente o oposto , auge de todas as virtudes , heróis, novo homem, que seríamos recompensados ​​por ter decidido longo
    viver nesta pequena ilha , em seguida, declarou o arquipélago , osso , pequeno , mas grande .

    Agora Upside Down Confusão aparece, em todas as suas dimensões.

    O “Gone” não são mais coisas do que já disse uma vez. Apenas alguns centímetros para denegrir ainda qualificar-se , mas os outros milhões de migrantes econômicos são implementadas ou mesmo inserido em um novo grupo ainda mais luz , definida por intelectuais e pensadores livres. Pessoas importantes estradas de ensaio em outros cenários , pessoas empreendedoras e coragem , dispostos a ajudar seus irmãos e amigos ” QUEDADOS ” .

    Que tal melhoria? , Merecida por sinal, ao contrário dos ” quedados ” hoje classificam como filhotes com a boca aberta , relutantes em mudar , indisciplinado , preguiçoso, malandro de impostos, ladrões de energia elétrica, corrupto , ineficiente usurários agricultores, abusadores de trabalhadores por conta própria , rude, sem mil funcionários valores e preencher os banes mais
    pressionar , quando concordamos .

    Honestamente, eu estou realmente confuso . Está tudo de cabeça para baixo ? É que todas as definições foram e estão errados ?

    Será que o coração da bagunça não gira em adjetivos , mas em que ADJETIVABAN E AINDA ADJETIVAN ?

    O pior é ver que a maioria dos meus amigos são “Gone” ; assim são os seus filhos e aos filhos de ” adjetivadores ” . Evidenciado que nem minha própria família está comigo , porque é quase tudo ” forma ” e todos os dias eu apagar um número de telefone do meu diretório porque “Gone” já não respondem , assim , o carpinteiro é o meu cabeleireiro.

    Parece que o “Gone” é o que traz a razão e ” QUEDADOS ” tocado nos perder , a julgar pela mutação de insultos. Eu deveria ter suspeitado que, após o termo estava escondendo algo sombrio e sem esperança , porque antes , quando minha mãe disse que “ela está cumprindo ” significava que os piores males morrer sem marido .

    Eu sou o mesmo, está sem companhia. Bacharel nação e raízes. Solidão dói mais do que o casal , porque é a muitos , e não apenas dois.

    Então, novamente nenhuma menção de que ” FULANO VEIO , e” Ele era. ” A esquerda é comigo. CERTAMENTE, confuso e derrotado …

  12. 89 aziram 19/04/2014 18:45

    Rodrigo, sei que vc não vai publicar isto, mas de qualquer maneira, irá ler.

    Você e outros como você não são pessoas do bem.

    • Blue Eyes, Na Resistência 20/04/2014 1:12

      Idem para mim… nunca postam meus coments, seus hipócritas IGnorantes… democracia é uma palavra que só tem vida fora da boca de vcs… então, caros COMUNISTAS… se lá é tão bom, porque vcs não se mandam para lá… sei que é um chavão, mas tá valendo… se não postar, nem ligo… já mandei meu recado…

    • Rafael Albuquerque 19/04/2014 21:30

      Você vive no mundo dos ursinhos carinhosos vermelhos.

  13. 88 Aziram Knairam 19/04/2014 18:35

    Que mentira mais deslavada!

    Sabe de nada inocente!

  14. 87 Adilio Faustini 19/04/2014 17:01

    É muita cara de pau dize que Cuba está mais livre.Abriram para que as pessoas possam ter um carro novo,um carro novo em Cuba custa 200 mil reais o mais popular e o cidadão ganha em torno de 30 dólares por mês,isso é um tapa na inteligência do cidadão.Um cidadão que vive de bolsa família no Brasil ganha mais que um médico cubano em Cuba.Bolsa família 132,00 Reais,médico cubano 30,00 dólares,mais ou menos 70 reais mensais.Cuba é uma gaiola onde o dono,Fidel, mantem seus passarinhos com água e comida.

  15. 86 Delmo Oliveira 19/04/2014 15:36

    Que Beleza!!! Quase chorei diante de tanta desfaçatez!!! Os adoradores dos irmãos Castro, principalmente os cardeais PETISTAS, deveriam ir morar lá, deixando claro que realmente a Ditadura Castrista que vampiriza o povo cubano, é na verdade uma ilusão criada pelos inimigos que amam o regime democrático, e não aceitam que o povo cubano sejam vampirizados por mais de 50 anos. Abram verdadeiramente as portas de Cuba, e só ficaram os irmãos Castro e seus colaboradores. Não nos façam de imbecis.

  16. 85 valdir xavier 19/04/2014 15:06

    Sem sacanagem! É muita cara de pau desses asseclas esquerdosos propagandear as virtuosas conquistas dos comunistas na ilha-prisão, vulgo cuba. Experimentem limpar o rabo fedorento de vocês com jornais mofados ou criar um porco na sala da casa para terem um segundo de racionalidade da verdadeira cuba libre. Sínicos.

  17. 84 João de Souza Ferreira 19/04/2014 12:59

    Fiz um comentário, ontem, dia 18/04/2014, sobre as MENTIRAS DESCABIDAS faladas pelo sr. Padura em entrevista, no entanto NÃO FOI PUBLICADO O MEU COMENTÁRIO. Será que foi censurado também ???

  18. 83 Ivã Silva 19/04/2014 7:02

    Aos “entendidos” abaixo pergunto: a China é comunista? Por que será que ninguém fala dela? Adivinhem qual em breve será a nação mais poderosa do planeta, além de, a tempos, já ser a mais populosa? Por que ninguém fala do embargo econômico imposto a Cuba pelos Estados Unidos, o mesmo Estados Unidos que mantem íntimas relações comerciais com o “Gigante Vermelho” do oriente?

    • Benedito Lemes 19/04/2014 19:32

      E os “milhares” de cubanos que foram “assassinados” – fuzilados no paredão – durante o governo de Fidel Castro… ninguém fala nada??? Quantas cubanos sumiram ao longo do governo “castristas”? Ninguém fala nada….?

  19. 82 Luiz Eduardo 19/04/2014 5:41

    Que tipo de “Ditadura” cubana é essa tão propalada pela Grande Imprensa, que permite que a tal “dissidente”Yoani Sanchez, possa viajar para o exterior, pago com dinheiro da CIA e de Organizações de extrama-direita, para lá fora falar mal do governo de Cuba, morar na Suiça, não se adaptar e depois poder voltar a morar normalmente em Cuba?
    Hipócritas!

    • gilmar 19/04/2014 19:19

      é fácil cara vai mora em Cuba dai vc vai falar baseado em ‘sua experiencia’.kkk babaca

  20. 81 OBFJR 19/04/2014 2:38

    Quanto será que te pagaram pra fazer uma reportagem tão mentirosa como essa?

  21. 80 Bea Couto 19/04/2014 2:22

    Pasma como anda a propaganda pro esquerda nesse pais……Liberdade em Cuba???? Vai p lá escrever, vai….

  22. 79 Edmilson Couto 19/04/2014 2:18

    Se esquecei que a pouco mais de 3 anos um jornalista apenas por ter dado uma opinião foi tortura, violentado e assassinado após passar sede fome e frio?? e o LULA aquela canalha ainda disse __ele é um preso comum tem que ser tratado como tal.. ou seja SR Jonalista da TERRA da FANTASIA… Como disse a Shereazade __os ditadores deles são melhores que os nossos né?? vai manipular a PUTA QUE TE PARIU.. não testa a inteligencia de alguns Brasileiros para voce não passar VERGONHA se voce a TEM,,, matéria ou FABULA?

    • Silvio 20/04/2014 7:55

      Eu ia opinar, mas depois de ler esta, não se faz mais necessário.

  23. 78 Barret9 19/04/2014 2:14

    basta ouvir o nome Cuba que os nazistas brasileiros, muitos filiados ao PSDB, correm para dar suas opiniões sem de fato conhecer a realidade do,pais…

    • Aziram Knairam 19/04/2014 18:40

      Não fala besteira , petista cego, surdo e fora de área.

      Vai viver em Cuba sem vantagens políticas e depois dá sua opinião.

  24. 77 josé 19/04/2014 2:00

    Estamos correndo sério risco desse câncer se abater sobre nós, pois os PTralhas lutam por isso a muito tempo e como boa parte da população é formada por idiotas mamadores no governo, estão sempre a condenar a ditadura militar e lutando para por uma muito pior nas costas do povo que finge que não vê.

  25. 76 marcus leite 19/04/2014 1:55

    LIBERE A SAÍDA PARA TODOS E VAMOS VER COMO QUE FICA!!! AÍ SIM, DEPOIS DISSO, ESSE ESCRITORZINHO TÃO MEDÍOCRE COMO TODOS OS QUE DEFENDEM AQUELE REGIME MEDÍOCRE (INCLUINDO A PRESIDANTA E SUA TRUPE DE PETRALHEIROS) PODERÁ DIZER QUE A LIBERDADE ESTÁ AUMENTANDO…

  26. 75 Agapito 19/04/2014 0:42

    Quando der uma reviravolta saibam que não cometeremos os mesmos erros de 64.

  27. 74 ral 19/04/2014 0:26

    então meu caro senhor vá morar lá com aquele lindo e maravilhoso senhor fidel castro. Vergonha na cara é o que falta no brasil com b minu mesmo

  28. 73 carlos h. ferreira 18/04/2014 23:17

    Com certeza o autor deste artigo tem uma família, pai, mãe, avôs, avós, talvez irmãos, e talvez deve estar casado ou até já ter filhos, não o conheço. Sendo assim imagino que tenha recebido uma boa educação familiar, estudado em bons colégios, frequentado bons clubes, e talvez uma boa faculdade o que fez conseguir excelente colocação profissional. Com esta perspectiva não consigo imaginar um profissional que se vende ou seja comprado, como queiram, para escrever tamanha asneira sobre o regime comunista implantado em Cuba pelos irmãos Castro em janeiro de 1959, responsáveis por milhares de assassinatos de seu próprio povo e ainda no poder pela força das armas e do terror. Sr. Rodrigo o povo cubano passa por seríssimas dificuldades para sobreviver, para ficar somente num exemplo eles não têm sabonete para tomar banho sem recorrer ao mercado negro, e toda esta situação é passada por pessoas que visitam a ilha, que vivenciam, apesar de serem turistas, o dia a dia desta gente que não tem liberdade para nada e se derem um grito mais alto em praça pública podem imediatamente serem presos e jogados em masmorras sem julgamento, sem direitos humanos, sem lei, enfim sem esperança. Gostaria muito que o Sr. fosse para Cuba sem nenhuma proteção do estado e do PT e começasse a escrever artigos contra o regime, tenho certeza absoluta o Sr. não conseguiria escrever um segundo artigo. Como aqui vc é pago com dinheiro público para escrever e apoiar um regime totalitário que o pt esta tentando implantar, tem a liberdade de falar, escrever o que bem entender e ninguém, mas ninguém vai lhe censurar, pode viajar para onde quiser sem a tutela do estado ou dos espiões de quarteirão, fico imaginando como moralmente vc encara seus familiares, que tipo de educação vc pode dar para um filho ou filha, enfim deve ser uma situação difícil ou outra coisa qualquer que podemos imaginar.

  29. 72 Andres 18/04/2014 23:07

    Falou falou falou e não disse verdade nenhuma, só mentira….das mais deslavadas e descaradas possíveis.

  30. 71 marco césar costa cardoso 18/04/2014 22:54

    para essas pessoas liberdade é apenas uma palavra; não existe para eles a densidade, a textura, o conteúdo de liberdade; também não existe responsabilidade; em nome de um suposto ideal são cometidos os maiores crimes contra a dignidade de simples seres humanos; acreditam eles que esses simples seres humanos são apenas uma estatística relativa a pessoas que não acreditam em seus sistemas e sofismas e que por este motivo e com esse argumento devem ser caladas, silenciadas e eliminadas; a própria mentira que construiram os abraçou e vestiu como uma roupa que não pode ser retirada de cima do corpo

  31. 70 Alex 18/04/2014 22:43

    Agradeço a Deus que o povo está acordando, esse câncer chamado comunismo que detonou Cuba e todos os países que o adotaram está bem aqui do nosso lado: censura descarada da Rachel, leis controladoras da sociedade, marco civil de internet, gastos com propaganda gigantescos do governo( à lá nazismo), assistencialismo populista; estão dominando nosso País, querem que os brasileiros virem massa de manobra, mas pelos comentários que vi aqui, a maioria já reconhece esse perigo aqui e já está vacinada, mesmo as milícias virtuais financiadas pelo PT não estão conseguindo combater a lucidez crescente do povo brasileiro.

  32. 69 João de Souza Ferreira 18/04/2014 22:38

    TUDO MENTIRA !!! Fiz amizades, via site de relacionamentos, com algumas pessoas simples do povo de Cuba… e garanto que NÃO É ISSO QUE ELES ME CONTAM. Professores perdem o emprego, só por “falarem demais na internet”… engenheiro é preso só por pedir ajuda pra sair da ilha e vir para o Brasil. Taí uma pequena amostra: OS MÉDICOS CUBANOS QUE VIERAM, ESCRAVIZADOS, ENGANADOS… e que agora estão DEBANDANDO, DESERTANDO !!!

  33. 68 jorge mendes 18/04/2014 22:16

    NOOOOOOOOOOOOSA QUE LINDO, DEPOIS DESSA NOTÍCIA, TODO O PESSOAL DO PT E EU IREMOS MUDAR PRÁ LÁ E CONVIDAREMOS TODOS OS IDIOTAS DE PLANTÃO A FAZEREM O MESMO, DEVE SER REALMENTE LINDO MORAR EM ALGUM LUGAR QUE ABRIR A BOCA NEM PENSAR E SAIR PARA UM PASSEIO NO EXTERIOR ESTÁ TERMINANTEMENTE PROIBIDO , SÓ ESSE POBRE COITADO QUE PUBLICOU ESSA MATÉRIA É QUE ESTÁ ENXERGANDO ISSO. POBRE COITADO, SEJA FELIZ.

  34. 67 Rafel 18/04/2014 21:58

    Para mim Cuba continua sendo o maior presidio do mundo, onde seus cidadãos nascem condenados a prisão perpétua..

  35. 66 Açexandre Silva 18/04/2014 21:16

    Qualquer pessoa séria e não “amigo de Fidel” deve pesquisar p saber que quem manda na Venezuela é Cuba, que soldados cubanos estão infiltrados lá e matando manifestantes e que pessoas foram presas na semana passada em Cuba por serem opositores dos comunistas. Os governantes brasileiros e Frei Beto são amigos de um regime assassino e já estão censurando jornalistas em nosso território. Quem for mais esperto, estude sobre o FORO DE SÃO PAULO, organização comandada por Lula e Fidel.

  36. 65 Carlos Roberto Almeida de Jesus 18/04/2014 21:13

    Caros amigos

    Alguém já viu americanos fugindo para Cuba?

  37. 64 Carlos Roberto Almeida de Jesus 18/04/2014 21:02

    Quais dos terroristas cassados pelo Revolução Redentora de 1964, foram para Cuba, Xina ou a antiga Rússia, todos comunistas. Apenas um Luiz Carlos Prestes. Dilma Roussef, recentemente “chorou” ao relembrar o retorno de seus companheiros comunistas ao Brasil. Todos eles anteriormente residentes nos EUA, França, Inglaterra, Alemanha, Suíça etc. Vejam vocês a presidenta chorando por lembrar os companheiros retornando de países capitalistas-por que eles não foram para Cuba? Leonardo Padura e Frei Beto são amigos dos irmãos Castro que estão no poder há 54 anos, açoitando e escravizando o pobre povo cubano. Fora Dilma, Fora Lula, fora PT, fora frei Beto, fora Leonardo Padura!

  38. 63 Carlos 18/04/2014 20:49

    Imagine, o que pensam as pessoas que zombam de Cuba, caso vivessem nas FAVELAS CAPITALISTAS BRASILEIRAS, EM PALAFITAS, EM CONSTRUÇÕES IRREGULARES; QUANTA MISÉRIA QUANTA OPRESSÃO ! QUE LIBERDADE DOLOROSA!

    • edy clodio petry jardim 20/04/2014 10:54

      Concordo com Carlos,como imaginar no Brasil,miséria…só uma explicação,socialista ou comunista brasileiro é ladrão,fala de bonzinho e rouba o que pode…Lula,Dilma,e cia.gambada.

  39. 62 Dal Bosco 18/04/2014 19:13

    Descarados.Experimentem tirar uma simples foto em Cuba e voces vão ver o que lhes acontecem.A ilha da mentira vai continuar como sempre foi: miseravel r mentirosa.

    • Alexandre Francisco 18/04/2014 21:19

      Como pode um frei ser simpático com os comunistas assassinos cubanos!

  40. 61 Ronaldo 18/04/2014 19:00

    Quanto ´e afinal “mais” liberdade??? Não é CUBA o paraíso que os petistas tanto sonham…Seus dirigentes não são “deuses” do socialismo? Nunca neste país uns poucos enganaram tantos. Tolos, agem como eternos. Imaginem! A historia lhes será implacável.

  41. 60 JOÃO 18/04/2014 18:50

    MENTIRA!! NUNCA VI TANTA MENTIRA NUM TEXTO SÓ!! VAI MORAR EM CUBA ENTÃO, LEVA A DILMA, O LULA E TODOS OS IDIOTAS ÚTEIS DEFENSORES DA IDEOLOGIA MAIS ASSASSINA DA HISTÓRIA CHAMADO COMUNISMO.

  42. 59 Luciana 18/04/2014 18:45

    Liberdade???? Qual é sua definição de liberdade??
    Minha definição: Faculdade de fazer ou de não fazer qualquer coisa, de escolher.
    Direito que alguém se arroga: tomar a liberdade de contradizer uma pessoa.
    Liberdade de consciência, direito de ter ou não uma crença religiosa ou filosófica.
    Liberdade individual, direito que tem cada cidadão de ir e vir sem restrição em todo o território nacional, de estar em segurança nesse território, de poder daí sair e aí reentrar.
    Temos isso em Cuba?????

  43. 58 Mendes ex pcdb 18/04/2014 16:39

    “Antes que os anticastristas e chatos em geral se animem” , essa foi demais, vai palhaços continuem “esse processo em que muitos investiram as suas esperanças e tantos de nós (vocês) perderam sonhos, anos e até sangue e vida”.
    A m. para mim agora é que ainda tentam contaminar os menores já nas escolas de base.

  44. 57 Luiz Araujo 18/04/2014 16:10

    Estou de pleno acordo com os comentaristas José Maria, Anhanguera e Everson. E digo mais: o regime de Cuba é uma lepra que está devorando não a carne e sim a liberdade e prosperidade desse país.

    • AlexandreSilva 18/04/2014 21:21

      O Brasil está dominado pelo FORO DE SÃO PAULO, comandado por LULA e FIDEL!

  45. 56 Fernando 18/04/2014 16:07

    Justificativas a opressão e a humilhação do sofrido povo cubano. Se pudessem, mas óbvio que não pode, perguntar ao POVO cubano como é a vida escravizada na naquele país caribenho, aí sim ia por água abaixo toda esta falácia. Enquanto os cubanos sofrem, aqui na Terra de Santa Cruz os apoiadores do regime comem caviar.

  46. 55 Fabiola Louzada Carvalho 18/04/2014 15:41

    acredite se quiser.

  47. 54 manuel gonzalez 18/04/2014 15:33

    Voce deve morar en Cuba y no en sua pais, por ver seu escrito, hazo um analise que vc pertenece a la isquierda comunista, pero con cara de democatre, igual que Dilma,Lula y demas del PT, ah soy norte americano retirado em seu pais, pero acredito que voy ir embora para mi patria USA.

    • Couto 18/04/2014 20:08

      Se você é americano, deve ser filho daqueles que pensavam em se aproveitar do governo revolucionario para manter o sistema de exploração do povo. Outra coisa, se não é do Brasil e está usufruindo da hospitalidade brasileira não pode falar das pessoas nem dos partidos daqui. É falta de educação falar do dono da casa na qual está hospedado.

      • Edmilson Couto 19/04/2014 2:21

        É Evidente que é um CUBANO NATURALIZADO na sua verdadeira casa onde ele foi recebido com respeito.. AFF conhece interpretação de texto… E PODE SIM FALAR DA MERDA DOS NOSSOS PARTIDOS AQUI DEVERIA SER LIVRE, mas um ESQUERDINHAS CAVIAR COMO VOCE, acham que são os donos da verdade.. deixa eu te contar um novidade que os PETISTAS ODEIAM… ___Existem LEIS e são boas acredite é só OBEDECER.. respeite os turistas e suas observações… DEMOCRACIA SE LEMBRA??? haaaaaa Marxista não gosta disso, não me desculpo não..

      • juliano 18/04/2014 22:37

        vc fede de burro hein couto.

      • Carlos Roberto Almeida de Jesus 18/04/2014 21:11

        Você é um daqueles petistas da Rede PT 13, remunerados para defender o indefensável. Cuba é a fome, a miséria, a decadência e a mais longa e assassina ditadura das Américas. Eu nunca vi Americano fugindo de Miame para Cuba, já cubanos fugindo para os EUA…

  48. 53 Jose maria 18/04/2014 14:16

    Besteira, mentira de comunista. Cuba não mudou em nada, os dissidentes POLÍTICOS são tratados como animais, enclausurados em masmorras imundas, sem direito a nada, tudo isso por apenas algumas palavras verdadeiras sobre o regime de Fidel Castro, o facínora das Américas, o indivíduo que assassinou e torturou mais de cem mil dos seus IRMÃOS CUBANOS, e que continua em plena atividade.

  49. 52 Anhanguera 18/04/2014 14:11

    É mentira! O regime cubano continua tão opressor quanto antes e além de matar quem tenta fugir, persegue os familiares que ficaram. De quebra, é um governo escravagista, que junto com a vagabunda Dilma, rouba descaradamente os médicos pobres-diabos que enviou para “enganarem” aqui no Brasil. Seja esquerdista, venda sua pena aos poderosos, mas não minta que o leitor não é burro!

  50. 51 Everson 18/04/2014 13:36

    Começou a fase de trazerem comunistas atrelados ao clã castro para mentirem ao povo braZileiro que o governo cubano esta mudando!!! KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  1. ver todos os comentários

Os comentários do texto estão encerrados.