Publicidade

quinta-feira, 23 de outubro de 2014 Política | 13:52

Uma nova jabuticaba a propor para Dilma e Aécio: um marco regulatório das conquistas sociais

Compartilhe: Twitter

Eis aqui uma imodesta sugestão aos eleitores indecisos, aos partidários do PT e do PSDB, aos formuladores de seus programas de governo e, claro, aos próprios candidatos Aécio Neves e Dilma Rousseff: leiam o artigo O marco regulatório das conquistas sociais – A jabuticaba e o ajuste dos rentistas, de Luiz Cesar Faro e Rubeny Goulart. Ocupa 13 páginas da última edição da revista Insight-Inteligência, cuja versão em blog é parceira do iG.

Como o próprio título revela, o artigo propõe um marco regulatório das conquistas sociais: a criação, para o próximo governo, de metas sociais a serem perseguidas paralelamente à saúde macroeconômica. Um tripé social ao lado do badalado tripé macroeconômico.

capa66Bons na forma e no conteúdo, os autores sugerem inverter a ordem do modelo vigente no Brasil. Nele, as variáveis fiscal, monetária e cambial, além da gestão microeconômica, se adequariam à preservação das conquistas sociais, e não o contrário. (Com razão, eles entendem como conquista social uma inflação controlada em patamar razoável, no nível, por exemplo, das metais atuais.)

O artigo parte do pressuposto do cientista político Wanderley Guilherme dos Santos, para quem “vivemos em um mundo de antipatia pelo social”, para defender a necessidade de construir um modelo de social target, “sistematizá-lo, protegê-lo e regulamentá-lo à luz das premissas dadas”.

Antes que as gralhas gritem, não se trata da constitucionalização de certos benefícios, repetindo o engessamento do que foi feito em 1988 com o contingenciamento de recursos no orçamento, tornando imutáveis certas prioridades. Também convém esquecer o superficial e rarefeito debate restrito à manutenção ou não do Bolsa Família. Bobice. A questão social brasileira é muito mais profunda.

O artigo é, acima de tudo, uma defesa ardente do que se convencionou chamar de “democracia social”, mas que no texto da revista ganha o epíteto de “economia da democracia social” – segundo a dupla de autores, “algo mais tenro, ainda em busca de sistematização, pertencimento e proteção”. Para eles, o principal benefício dessa economia humanizada “é a combinação entre aumento do bem-estar do povo, distribuição de renda e fortalecimento da democracia”.

Acrescentam: a economia da democracia social é um modelo híbrido, capaz de integrar “suaves matérias-primas da social-democracia de inspiração nórdica com espesso molho de jabuticaba, carregado de políticas de inclusão social, sobre as quais estão assentados o crescimento do salário mínimo real, taxas de desemprego baixas e um processo crescente de distribuição de renda, todos sem perder de vista o imperativo de um controle da inflação em um nível satisfatório”.

Uma nova métrica para avaliar a economia

A dupla lembra a inexistência de hoje de um índice ou coeficiente desta cesta de conquistas sociais calculado até os dias de hoje, embora proliferem métricas sobre felicidade e satisfação. Se existisse, o Brasil estaria em posição bem melhor do que os famosos rankings de competitividade global e, claro, os rankings globais de crescimento do Produto Interno Bruto.

Explica-se: dados oficiais apoiados exclusivamente em soma de riquezas (como o PIB), produtividade e eficiência econômica (competitividade global) torturam a realidade ao ignorar, por exemplo, melhorias significativas na remuneração da população (de baixa e média renda), na proteção social e na redução da desigualdade.

Tome-se o PIB, por exemplo. O Brasil sangra diante de países como Panamá, Bulgária, Paraguai, Haiti e Nicarágua, para citar os verdadeiros “tigres latino-americanos”. De acordo com as agências de classificação de risco, estamos na vice-lanterna, somente acima da Ucrânia. Grécia, Portugal e Espanha caíram menos no ranking que o Brasil, sublinha o artigo, e por isso devem estar muito felizes, todos com salários decrescentes, desemprego na casa dos 12%, pobres procurando fontes de renda como quem busca oxigênio e juventude desesperançada.

Enquanto isso, o Brasil do PIB magrinho e sofrível (mesmo mantendo-se como o sétimo PIB do mundo) se vê com a taxa de desemprego abaixo de 5%, algo notável até mesmo para os mais elevados padrões mundiais de pleno emprego. Em nove anos, como lembra a insuspeita Fundação Getulio Vargas, os 60% mais pobres da pirâmide social cresceram seis pontos percentuais na renda nacional, enquanto os 1% ais ricos, apenas um ponto – algo revolucionário.

Entre os famosos Brics, o Brasil foi o único a não exibir números exuberantes em matéria econômica que o “mercado” adora (crescimento alto e inflação baixa), mas foi o único que conseguiu ampliar a distribuição de renda, segundo estudo da igualmente insuspeita OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico).

O mesmo estudo avaliou o enigma da superprodutividade dos países da Ásia e da Região Oceânica do Pacífico. Na maioria deles, o grande crescimento econômico não foi transformado em distribuição de renda e políticas sociais relevantes. Já vimos esse filme antes nos plúmbeos anos do milagre econômico brasileiro – aqueles em que a economia ia bem, e o povo ia mal, nas palavras do ex-presidente Emílio Garrastazu Médici.

O marco regulatório

Faro e Goulart propõem um bicho de sete cabeças: um índice de crescimento necessário para a proteção dos avanços obtidos por meio da economia da democracia social. Seria algo como o “PIB de equilíbrio para manutenção das políticas sociais”.

A dizer: “a soma de riquezas capazes de atender as despesas com o crescimento do salario mínimo real, a taxa de desemprego próxima do pleno emprego e a distribuição de renda com inclusão social, além da poupança dirigida às necessidades de sempre voltadas ao crescimento do capital”. Em outras palavras, como diz a professora Maria da Conceição Tavares, não se trata mais de PIBão, nem de PIBinho, mas sim, o PIB no qual caibam as exigências de uma sociedade mais justa.

Como os autores afirmam, uma proposta com gosto de limonada amarga para os rentistas mais inveterados. Fica o desafio: criar uma métrica que incorpore esse tripé da economia da democracia social na soma das riquezas totais. Para quem gosta de pensar em inglês, substituir o alquebrado development target de hoje pelo social target, que perseguiria o tríptico do salário em alta, distribuição de renda e baixo desemprego.

Campanha eleitoral arrogante e sem criatividade

A ideia traz um pouco de inventividade à reta final de uma campanha que padeceu da falta de luz criativa. “Nos programas de campanha eleitoral”, lembram eles com propriedade, “o que se tem ouvido, invariavelmente com exuberante arrogância, é que tudo se cala em face da irrefutabilidade e da imponência do tripé da política macroeconômica – sistema de metas ide inflação, câmbio flutuante e uma política fiscal compatível com a sustentabilidade da dívida pública – e que o social será aquele que couber no fiscal”. Um determinismo da economia política asfixiante para quem considera que as políticas devem estar voltadas para que a população viva melhor.

A democracia social, conclui o artigo, do ponto de vista de quem governa, antes de ser ideológica, está no terreno da sabedoria política. À coluna, informa Luiz Cesar Faro: o artigo se dirige ao PT e ao PSDB. Vale para um futuro segundo governo Dilma, ou um novo governo Aécio. Serve para quem abraçar a causa do marco regulatório das conquistas sociais e perceber, com sensibilidade, que bem-estar dá voto.

Em tempo: para ler e degustar na íntegra as ideias e o primor do texto de Luiz Cesar Faro e Rubeny Goulart, acesse aqui.

 

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , ,

18 comentários | Comentar

  1. 68 Eduardo Carvalho 23/10/2014 23:29

    Sou médico e trabalho em bairros de classe média/alta e também na periferia onde a classe baixa é predominante.A população da periferia tem exatamente o pensamento exposto pelo texto,ou seja,o que importa para eles é que a vida mudou de maneira concreta,palpável e isso antes nunca existiu,pouco importa o PIB ou outros índices usados pelos famosos economistas,o que vale é o cotidiano, a realidade que a vida melhorou em vários sentidos,como convivo com a realidade deles de perto também vou votar em Dilma.
    A maioria das pessoas de classe média/alta nunca frequentaram um bairro periférico de suas cidades(exceto para irem a festas),por isso elas não entendem porque o PT é preferido por esses brasileiros,mas democracia é isso,todos tem o direito de pensar e expor livremente seus princípios e idéias,no domingo boa votação para todos nós brasileiros!!!

  2. 67 Lúcia Silva 23/10/2014 22:56

    Se a candidata Dilma ganhar esta eleição ser á uma decepção muito grande para muitos brasileiros que sonham com a mudança na política brasileira. Não consigo entender como o povo se deixa levar por boatos. Será que não percebe que a maioria é mentira. E que muitos petistas fazem coisas mil vezes piores? Do que adiantou as manifestações? Aquele baderna toda para acabar em nada. Estou cansada de trabalhar, pagar tantos impostos e não ter meus direitos garantidos. Quero ver quem vai sustentar essa cambada se o Brasil falir… Chega dessa conversa de PT partido dos pobres… por acaso seus integrantes não pertencem à elite?

  3. 66 ROBSON 23/10/2014 22:01

    Se candidata sabidão de tudo, falar é fácil, vai pra batalha pra ver como é, se correr o bicho pega e se………….

  4. 65 Pedro 23/10/2014 22:00

    Duque adianta votar em A ou em B, se prometem mudar isso ou aquilo, mas quem muda de verdade é o congresso. Ai sim onde é esta um monte de picaretagem. Candidato bom é sempre o da oposição, é melhor e o que vai fazer todas as mudanças e salvar a pátria… Não me digam que antes não tinha corrupção, tinha e não era pouca mas era abafada, e o PT?, Votamos nele pra limpar a me… que fazia o PSDB, lembro bem ele veio como a salvação, que salvação? Pois continuamos na me… Agora volta o PSDB, isso é renovação? É Seis por meia duzia não se enganem.

  5. 64 eduardo bezerra 23/10/2014 21:51

    Excelente analise. O PSDB perde porque não considera os elementos sociais de um programa de governo…se limitou o tempo todo a falar de corrupcao…a maioria dos brasileiros sabem que existe corrupcao em todos os partidos e na sociedade. O proprio P.S.D.B. em 2012 encabecou a lista de fichas sujas.

  6. 63 Pedro 23/10/2014 21:45

    Duque adianta votar em A ou em B, se prometem mudar isso ou aquilo, mas quem muda de verdade é o congresso. Ai sim onde é estar um monte de picaretagem se não favorecer as bancadas podres que é a maioria. Candidato bom é sempre o da oposição é melhor é que vai fazer todas as mudanças e salva a pátria foi assim com o PT, e era assim com o esta como esta, assim com o PSDB,

  7. 62 RONTEIRO 23/10/2014 21:10

    REALMENTE OLHANDO OS COMENTÁRIOS DOS PETISTAS DE PLANTÃO, A UNICA CONCLUSÃO QUE PODEMOS CHEGAR QUE É A MAIS TRISTE, CADA POVO TEM O GOVERNANTE QUE MERECE, O POVO QUE DÁ VALOR POR UM BOLSA COXINHA….E TEM A PRESIDENTA DE UM PARTIDO QUE É UMA QUADRILHA CONDENADA PELA MAIS ALTA CORTE DA JUSTIÇA BRASILEIRA, COMO DIRIA A MUSICA O SOLUÇÃO É ALUGAR O PAÍS….DEUS NOS PROTEJA.

  8. 61 eduardo bezerra 23/10/2014 21:09

    Excelente artigo. Análise política interessante. A conjugação do social com a economia é interessante e nos libertaria de uma discussão menor em disputas presidenciais. Os projetos de pais seriam valorizados e daríamos saltos na evolução do país. Infelizmente, pelos comentarios, vê-se eleitores com a dificuldade de entendimento que atos corruptos estao espalhados por todos os partidos, sociedade, etc (é o senso comum da maioria dos brasileiros). Vou de DILMA, não abrindo mão de avanços sociais, esperando mais mudanças ainda pra continuar melhorando o Brasil.

  9. 60 ruoger 23/10/2014 19:20

    Vai dar Aécio. É muita gente querendo um Brasil com menos impunidade .É muito crime nesses 12 anos de pt.Ninguém aguenta mais esse descaso do pt com relação á bandidagem.Fora tudo que já foi provado. Os caras tão desesperados fazendo de tudo mas Aécio 45 .Podem falar que dilma tá na frente …que tal e blá..blá …blá que nem falaram que Aécio tinha 19% ..que estava em terceiro.. depois 27% e no final 33%. Vai dar Aécio contra todos esses vagabundos mentirosos e pilantras.

    • osmar 23/10/2014 20:06

      o brasileiro tá muito mais preocupado com o seu dia a dia, seu salario sobrando no fim do mes,
      sua casa propria, seu carro novo, seu padrão de vida melhorar, como vem acontedendo a 12 anos, do que voltar a idade da pedra. será que os tucanos são tão honestos assim, que fazem tudo certo?

  10. 59 Milton 23/10/2014 19:08

    O Aécio não agrada, mas votar no PT seria ser conivente com esta quadrilha. Temos que mostrar a indignação com a corrupção. Se ele fizer cagada também vai sair porque quem manda somos nós ELEITORES!!

  11. 58 paulo bueno 23/10/2014 17:57

    minha vida melhorou neste últimos 12 anos
    comprei minha casa
    comprei meu carro
    meu filho está na faculdade.
    os mais novos estão no PRONATEC .

    VOTO DILMA
    domingo .
    ela merece mais 4 anos….

    • Flavio Mesquita 23/10/2014 22:33

      Um dia vc ou seus familiares pagarão essa conta através do custo Brasil. A dívida interna cresceu assustadoramente com tantas empreitadas e dinheiro saindo pelo “ladrão” literalmente. Financiou a casa ou pagou a vista? Se financiou pagará juros de chorar. Teus filhos conseguirão comprar uma boa casa nos preços de hoje? Talvez sim mas não no Brasil. Quem ganhou no final, você ou os bancos? Faça as contas e coloque os filhos para estudar e morar fora desta espelunca.

      Pense e faça as contas.

    • Mauricio 23/10/2014 20:11

      Você comprou tudo isso pelo teu próprio esforço e trabalho. Este governo não te deu nada. Foi tudo mérito seu.
      Você teria muito maior poder de compra e investimento nos teus filhos se não tivesse essa inflação que o governo diz ser pouco e sob controle.
      Vote Dilma, a inflação está aí para você ficar inadimplente com sua casa, carro e tirar seus filhos da escola.
      O Lulo Petismo elevou a divida interna para 1 trilhão e meio de reais. Mais 300 bilhões de dólares de divida externa. Herdou o País com Divida interna de R$ 200 milhões (que já era muito). Agora a bolha vai explodir. O PT ficará com toda sua grana que roubaram das estatais e você vai reclamar para o Papa. Melhor você se informar amigo.

  12. 57 clair lucas 23/10/2014 16:52

    esqueça a eleição ,eu não voto em candidato eu voto em mim,voto Dilma mas porque melhorou a minha vida e dos trabalhadores do Brasil , ponto final

    • Flavio Mesquita 23/10/2014 22:45

      Isso aí vota no seu umbigo que deve ser o centro do mundo, aliás do universo.

      Dilma, quem conhece ESQUECE.

    • Carlos Roberto Almeida de Jesus 23/10/2014 18:01

      FICHA CRIMINAL DO PT OU 60 CRIMES QUE ABALARAM O BRASIL, SEGUNDO A IMPRENSA DO PAÍS.

      01) Caso Pinheiro Landim;
      02) Caso Celso Daniel;
      03) Caso Toninho do PT;
      04) Escândalo dos Grampos telefônicos;
      05) Contra Políticos da Bahia;
      06) Escândalo do Propinoduto (também conhecido como Caso Rodrigo Silveirinha)
      CPI do Banestado;
      07) Escândalo da Suposta Ligação do PT com o MST;
      08) Escândalo da Suposta Ligação do PT com a FARC;
      09) Escândalo dos Gastos Públicos dos Ministros;
      10) Irregularidades do Fome Zero Escândalo do DNIT (envolvendo os ministros Anderson Adauto e Sérgio Pimentel);
      11) Escândalo do Ministério do Trabalho Licitação Para a Compra de Gêneros Básicos;
      12) Caso Agnelo Queiroz (O ministro recebeu diárias do COB para os Jogos Pan-americanos);
      13) Escândalo do Ministério dos Esportes (Uso da estrutura do ministério para organizar a festa de aniversário do ministro Agnelo Queiroz);
      14) Operação Anaconda Escândalo dos Gafanhotos (ou Máfia dos Gafanhotos);
      15) Caso José Eduardo Dutra Escândalo dos Frangos (em Roraima);
      16) Várias Aberturas de Licitações da Presidência da República Para a Compra de Artigos de Luxo;
      17) Escândalo da Norospar (Associação Beneficente de Saúde do Noroeste do Paraná);
      18) Expulsão dos Políticos do PT;
      19) Escândalo dos Bingos (Primeira grave crise política do governo Lula) (ou Caso Waldomiro Diniz);
      20) Lei de Responsabilidade Fiscal (Recuos do governo federal da LRF);
      21) Escândalo da ONG Ágora;
      22) Escândalo dos Corpos (Licitação do Governo Federal para a compra de 750 copos de cristal para vinho, champanhe, licor e whisky);
      23) Caso Henrique Meirelles;
      24) Caso Luiz Augusto Candiota (Diretor de Política Monetária do BC. Acusado de movimentar as contas no exterior e demitido por não explicar a movimentação);
      25) Caso Cássio Caseb;
      26) Caso Kroll;
      27) Conselho Federal de Jornalismo;
      28) Escândalo dos Vampiros;
      29) Escândalo das Fotos de Herzog;
      30) Uso dos Ministros dos Assessores em Campanha Eleitoral de 2004;
      31) Escândalo do PTB (Oferecimento do PT para ter apoio do PTB em troca de cargos, material de campanha e R$ 150 mil reais a cada deputado);
      32) Caso Antônio Celso Cipriani. Irregularidades na Bolsa-Escola;
      33) Caso Flamarion Portela;
      34) Escândalo de Cartões de Crédito Corporativos da Presidência;
      35) Irregularidades do Programa Restaurante Popular (Projeto de restaurantes populares beneficia prefeituras administradas pelo PT);
      36) Abuso de Medidas Provisórias no Governo Lula entre 2003 e 2004 (mais de 300);
      37) Escândalo dos Correios (Segunda grave crise política do governo Lula. Também conhecido como Caso Maurício Marinho);
      38) Escândalo do IRB Escândalo da Novadata;
      39) Escândalo da Usina de Itaipu;
      40) Escândalo das Furnas;
      41) Escândalo do Mensalão (Terceira grave crise política do governo. Também conhecido como Mensalão);
      42) Escândalo do Leão & Leão (República de Ribeirão Preto ou Máfia do Lixo ou Caso Leão & Leão);
      43) Escândalo da Secom;
      44) Esquema de Corrupção no Diretório Nacional do PT;
      45) Escândalo do Valerioduto;
      46) Escândalo do Brasil Telecom (também conhecido como Escândalo do Portugal Telecom ou Escândalo da Itália Telecom);
      47) Escândalo da CPEM;
      48) Escândalo da SEBRAE (ou Caso Paulo Okamotto);
      49) Caso Marka/FonteCindam;
      50) Escândalo dos Dólares na Cueca;
      51) Escândalo do Banco Santos;
      52) Escândalo Daniel Dantas – Grupo Opportunity (ou Caso Daniel Dantas);
      53) Escândalo da Interbrazil;
      54) Caso Toninho da Barcelona;
      55) Escândalo da Gamecorp-Telemar (ou Caso Lulinha);
      56) Escândalo dos dossiês falsos Contra José Serra e Dulce Cardoso;
      57) Escândalo da Petrobras ( compra da Refinaria de Passadena);
      58) A farsa da CPI da Petrobras;
      59) A ameaça de morte de Joaquim Barbosa por petistas; e
      60) A utilização de computadores do Palácio do Planalto para denegrir a honra de Miriam Leitão e Carlos Albert Sardenberg etc, etc.
      DEPOIS DESSES CRIMES VC VAI VOTAR EM DILMA ROUSSEFF???????????????

      • BERNARDI 23/10/2014 22:16

        uma sugestao, deveria ter um site – AVALIE O CANDIDATO – FICHA PREGRESSA.
        onde :
        Apresentasse seu currículo / formação acadêmica/ idiomas./ postos já ocupados em atividades anteriores./ / pontos fortes * feitos realmente concluídos/ pontos fracos*anexo rol acima/. e para cada tópico um sistema de pontuação.
        * as propostas ?
        ** E pós efetivado a eleito, Ter um medidor comparativo com as propostas mes/mes. e ai promover o site.
        Tudo numa forma sintetica , pois assim o povo realmente teria um retrato fiel e apartidário.
        O RESTO É UM VERGONHA.
        Minha singela opinião.

      • ESTEVAM 23/10/2014 19:10

        No desespero a boca fala o que o coração está cheio – “inconformismo”. Não é fácil ter que engolir goela abaixo alguns fatos que foram paginas nos jornais desse nosso Brasil. Sugiro que salpique a gosto PARA MELHOR DIGERIR O PRATO PRONTO ELENCADO, DE CERTO, UM TANTO INSONSO, com a privatização das teles pelo PSDB que nós fez reféns de uma taxa de serviço eterno (assinatura) ou regue com a ajuda financeira do Proer a exemplo do socorro vergonhoso ao banco nacional ou ainda a doação do setor siderúrgico num leilão de cartas marcadas como toda a privatização de nossa estatais, AÍ SIM, SENTIRÁ O VERDADEIRO GOSTO DO CRIME LESA PÁTRIA PROMOVIDO POR UM GOVERNO QUE SERVIU E SERVIRÁ SEMPRE AOS ESPECULADORES DE PLANTÃO. DOMINGO E DIA DE VOTAR EM DILMA.

        • Flavio Mesquita 23/10/2014 22:43

          Privatizar alguma empresas foram necessárias a época. Agora te pergunto: Vale estuprar a Petrobrás? Isso pode? Quem nunca sabe o que se passa sob seu governo ou é incompetente ou corrupto, não há outra forma de avaliar.

          Se não fosse a estabilização da época o Lula não se trataria no Sírio Libanês, mané.
          Se não fosse a estabilização da época o Lulinha não teria recebido 5 milhões da Oi,

          O que vc estava fazendo que não cobrou seus políticos quando dos episódios tucanos?
          O que Lula fez que não abriu caso algum dos tucanos?

          Mais incompetência do que cidadania. Exerça sua função de cidadão e cobre dos políticos em quem votar ao invés deste discursinho de M…..

    • antonio barbosa 23/10/2014 17:22

      Clair, você acaba de falar a grande verdade mais direta e reta de toda as baboseiras que já ouvi. Você é a prova cabal de que grande parte do eleitorado da Dilma não está nem ai para a sociedade brasileira como um todo. Para você tanto faz o Brasil tornar-se um país comunista, socialista, democrata ou ditatorial, o que realmente lhe importa é seu umbigo. Se amanhã você for assaltada nas ruas, sua casa for invadida ou algum parente seu morto (Deus lhe livre disto) então você vai dizer que isto foi obra de quem? Do azar? Do psdb? Ou você vai reconhecer que tudo que Dilma fala é a mais pura mentira para que ela e seu grupo mantenham-se no poder as custas de você e todos que pensam igual a você? Clair, eu votei no Lula em 2002 e me arrependo amargamente disto, porque eu não sabia o que ele estava tramando por detrás de sua fala mansa de renovação, ética e moral na política. Depois deu no que deu. Pense bem. Hoje pode estar bom, mas amanhã será outro dia!!! Boa sorte.

      • eduardo 23/10/2014 18:41

        bom para vc que arrependeu, outros milhões nao

  13. 56 Marcos 23/10/2014 16:20

    Crianças, o que adianta marco regulatório, carta de intenções etc..
    To ouvindo isso a mais de 20 anos..
    Não é o presidente que reforma, e sim o congresso.
    E o congresso, nada mais é do que a representação do salve-se quem puder, ou primeiro o meu, depois o nosso.
    Ou seja, pode votar até no papa, enquanto o congresso for ocupado por hipócritas e egonautas ávidos pelo ouro, não daremos um passo a frente..

    • carllos anilton 23/10/2014 17:09

      Eles nunca se deram bem, qual e a familiaque não tem desintendimento., não existe familia perfeita ela esta no direito de não votar com o irmão onde esta a novidade

  14. 55 ALINE 23/10/2014 16:15

    LEIAM ESSA MATERIA MUITO INTERESSANTE NO SITE DA UOL :

    “IRMÃ DE LULA PEDE VOTO EM AÉCIO NA WEB”

    PORQUE O IG NÃO PUBLICOU ESSA MATÉRIA????? ESTÁ FALTANDO SERIEDADE NO IG

    • sandra 23/10/2014 18:02

      por que o ig é pt. depois de quase um ano resolvi passar pelo ig pra ver quão aloprados eles estão para distorcer a verdade e tentar fazer as pessoas crerem que a dilmentira tá na frente. Aécio já [é o presidente desta nação.

  15. 54 antonio barbosa 23/10/2014 16:08

    Estas eleições de há muito deixaram de tratar-se de propostas deste ou daquele. O que está em jogo aqui é uma questão ideológica. Qual caminho vamos tomar? Do socialismo do PSDB nos moldes da Suécia ou do socialismo populista comunista aos moldes de Cuba? No primeiro há transferência de renda dos ricos para os pobres, mas há principalmente investimento pesado em educação com regras de mercado rígidas. No segundo esta transferência se dá por meios ilícitos como feitos pelos movimentos sociais e com pouco investimento em educação e o mercado fica a deriva. O que o povo deve escolher é se ele deseja um país para o futuro com segurança e liberdade ou um país para o presente de suas necessidades e com cerceamento das liberdades. Todo o resto que se discute passará primeiro sobre qual rumo o povo quer seguir.

    • Carlos Roberto Almeida de Jesus 23/10/2014 18:04

      FICHA CRIMINAL DO PT OU 60 CRIMES QUE ABALARAM O BRASIL, SEGUNDO A IMPRENSA DO PAÍS.

      01) Caso Pinheiro Landim;
      02) Caso Celso Daniel;
      03) Caso Toninho do PT;
      04) Escândalo dos Grampos telefônicos;
      05) Contra Políticos da Bahia;
      06) Escândalo do Propinoduto (também conhecido como Caso Rodrigo Silveirinha)
      CPI do Banestado;
      07) Escândalo da Suposta Ligação do PT com o MST;
      08) Escândalo da Suposta Ligação do PT com a FARC;
      09) Escândalo dos Gastos Públicos dos Ministros;
      10) Irregularidades do Fome Zero Escândalo do DNIT (envolvendo os ministros Anderson Adauto e Sérgio Pimentel);
      11) Escândalo do Ministério do Trabalho Licitação Para a Compra de Gêneros Básicos;
      12) Caso Agnelo Queiroz (O ministro recebeu diárias do COB para os Jogos Pan-americanos);
      13) Escândalo do Ministério dos Esportes (Uso da estrutura do ministério para organizar a festa de aniversário do ministro Agnelo Queiroz);
      14) Operação Anaconda Escândalo dos Gafanhotos (ou Máfia dos Gafanhotos);
      15) Caso José Eduardo Dutra Escândalo dos Frangos (em Roraima);
      16) Várias Aberturas de Licitações da Presidência da República Para a Compra de Artigos de Luxo;
      17) Escândalo da Norospar (Associação Beneficente de Saúde do Noroeste do Paraná);
      18) Expulsão dos Políticos do PT;
      19) Escândalo dos Bingos (Primeira grave crise política do governo Lula) (ou Caso Waldomiro Diniz);
      20) Lei de Responsabilidade Fiscal (Recuos do governo federal da LRF);
      21) Escândalo da ONG Ágora;
      22) Escândalo dos Corpos (Licitação do Governo Federal para a compra de 750 copos de cristal para vinho, champanhe, licor e whisky);
      23) Caso Henrique Meirelles;
      24) Caso Luiz Augusto Candiota (Diretor de Política Monetária do BC. Acusado de movimentar as contas no exterior e demitido por não explicar a movimentação);
      25) Caso Cássio Caseb;
      26) Caso Kroll;
      27) Conselho Federal de Jornalismo;
      28) Escândalo dos Vampiros;
      29) Escândalo das Fotos de Herzog;
      30) Uso dos Ministros dos Assessores em Campanha Eleitoral de 2004;
      31) Escândalo do PTB (Oferecimento do PT para ter apoio do PTB em troca de cargos, material de campanha e R$ 150 mil reais a cada deputado);
      32) Caso Antônio Celso Cipriani. Irregularidades na Bolsa-Escola;
      33) Caso Flamarion Portela;
      34) Escândalo de Cartões de Crédito Corporativos da Presidência;
      35) Irregularidades do Programa Restaurante Popular (Projeto de restaurantes populares beneficia prefeituras administradas pelo PT);
      36) Abuso de Medidas Provisórias no Governo Lula entre 2003 e 2004 (mais de 300);
      37) Escândalo dos Correios (Segunda grave crise política do governo Lula. Também conhecido como Caso Maurício Marinho);
      38) Escândalo do IRB Escândalo da Novadata;
      39) Escândalo da Usina de Itaipu;
      40) Escândalo das Furnas;
      41) Escândalo do Mensalão (Terceira grave crise política do governo. Também conhecido como Mensalão);
      42) Escândalo do Leão & Leão (República de Ribeirão Preto ou Máfia do Lixo ou Caso Leão & Leão);
      43) Escândalo da Secom;
      44) Esquema de Corrupção no Diretório Nacional do PT;
      45) Escândalo do Valerioduto;
      46) Escândalo do Brasil Telecom (também conhecido como Escândalo do Portugal Telecom ou Escândalo da Itália Telecom);
      47) Escândalo da CPEM;
      48) Escândalo da SEBRAE (ou Caso Paulo Okamotto);
      49) Caso Marka/FonteCindam;
      50) Escândalo dos Dólares na Cueca;
      51) Escândalo do Banco Santos;
      52) Escândalo Daniel Dantas – Grupo Opportunity (ou Caso Daniel Dantas);
      53) Escândalo da Interbrazil;
      54) Caso Toninho da Barcelona;
      55) Escândalo da Gamecorp-Telemar (ou Caso Lulinha);
      56) Escândalo dos dossiês falsos Contra José Serra e Dulce Cardoso;
      57) Escândalo da Petrobras ( compra da Refinaria de Passadena);
      58) A farsa da CPI da Petrobras;
      59) A ameaça de morte de Joaquim Barbosa por petistas; e
      60) A utilização de computadores do Palácio do Planalto para denegrir a honra de Miriam Leitão e Carlos Albert Sardenberg etc, etc.
      DEPOIS DESSES CRIMES VC VAI VOTAR EM DILMA ROUSSEFF???????????????

    • Gean 23/10/2014 16:34

      Moldes das Suécia?

  16. 53 Breno Moulin Correa 23/10/2014 15:44

    Em resumo aplicar os impostos recolhidos de forma eficiente e eficaz, somente isso…

  17. 52 douglas 23/10/2014 15:22

    O site DCM mostra a verdadeira face do vice de Aécio, o PT deveria colocar isso em rede nacional para os coxinhas arrepiar, ou como fazem a imprensa marrom mostrar nas redes sociais, com isso o Aécio volta a 20 % porque ainda tem muito cego na praça.

  18. 51 Julio Silva 23/10/2014 14:11

    Realmente seria injusto estourar essa bomba nas mãos do Aécio. Ela que estoure nas mãos do PT, que a inventou.

    • Miguel Angelo 23/10/2014 14:51

      É isso mesmo que você entendeu do texto? O autor busca uma nova visão, uma mudança de paradigma progressiva que atende a um Brasil único, em linguagem simples o bastante para mostrar o quanto é desafiante a proposta, e você simplifica-a com ” O Cavaleiro Aécio contra o Dragão PT”?

      • Milton 23/10/2014 19:15

        O Aécio não agrada, mas votar no PT neste momento é ser conivente com esta quadrilha.
        Se o Aécio não corresponder não deve ficar 12 anos. Não seja conivente com a corrupção, quem tem que mudar somos nós eleitores através do voto!! Boa sorte!

      • Carlos Roberto Almeida de Jesus 23/10/2014 18:06

        FICHA CRIMINAL DO PT OU 60 CRIMES QUE ABALARAM O BRASIL, SEGUNDO A IMPRENSA DO PAÍS.

        01) Caso Pinheiro Landim;
        02) Caso Celso Daniel;
        03) Caso Toninho do PT;
        04) Escândalo dos Grampos telefônicos;
        05) Contra Políticos da Bahia;
        06) Escândalo do Propinoduto (também conhecido como Caso Rodrigo Silveirinha)
        CPI do Banestado;
        07) Escândalo da Suposta Ligação do PT com o MST;
        08) Escândalo da Suposta Ligação do PT com a FARC;
        09) Escândalo dos Gastos Públicos dos Ministros;
        10) Irregularidades do Fome Zero Escândalo do DNIT (envolvendo os ministros Anderson Adauto e Sérgio Pimentel);
        11) Escândalo do Ministério do Trabalho Licitação Para a Compra de Gêneros Básicos;
        12) Caso Agnelo Queiroz (O ministro recebeu diárias do COB para os Jogos Pan-americanos);
        13) Escândalo do Ministério dos Esportes (Uso da estrutura do ministério para organizar a festa de aniversário do ministro Agnelo Queiroz);
        14) Operação Anaconda Escândalo dos Gafanhotos (ou Máfia dos Gafanhotos);
        15) Caso José Eduardo Dutra Escândalo dos Frangos (em Roraima);
        16) Várias Aberturas de Licitações da Presidência da República Para a Compra de Artigos de Luxo;
        17) Escândalo da Norospar (Associação Beneficente de Saúde do Noroeste do Paraná);
        18) Expulsão dos Políticos do PT;
        19) Escândalo dos Bingos (Primeira grave crise política do governo Lula) (ou Caso Waldomiro Diniz);
        20) Lei de Responsabilidade Fiscal (Recuos do governo federal da LRF);
        21) Escândalo da ONG Ágora;
        22) Escândalo dos Corpos (Licitação do Governo Federal para a compra de 750 copos de cristal para vinho, champanhe, licor e whisky);
        23) Caso Henrique Meirelles;
        24) Caso Luiz Augusto Candiota (Diretor de Política Monetária do BC. Acusado de movimentar as contas no exterior e demitido por não explicar a movimentação);
        25) Caso Cássio Caseb;
        26) Caso Kroll;
        27) Conselho Federal de Jornalismo;
        28) Escândalo dos Vampiros;
        29) Escândalo das Fotos de Herzog;
        30) Uso dos Ministros dos Assessores em Campanha Eleitoral de 2004;
        31) Escândalo do PTB (Oferecimento do PT para ter apoio do PTB em troca de cargos, material de campanha e R$ 150 mil reais a cada deputado);
        32) Caso Antônio Celso Cipriani. Irregularidades na Bolsa-Escola;
        33) Caso Flamarion Portela;
        34) Escândalo de Cartões de Crédito Corporativos da Presidência;
        35) Irregularidades do Programa Restaurante Popular (Projeto de restaurantes populares beneficia prefeituras administradas pelo PT);
        36) Abuso de Medidas Provisórias no Governo Lula entre 2003 e 2004 (mais de 300);
        37) Escândalo dos Correios (Segunda grave crise política do governo Lula. Também conhecido como Caso Maurício Marinho);
        38) Escândalo do IRB Escândalo da Novadata;
        39) Escândalo da Usina de Itaipu;
        40) Escândalo das Furnas;
        41) Escândalo do Mensalão (Terceira grave crise política do governo. Também conhecido como Mensalão);
        42) Escândalo do Leão & Leão (República de Ribeirão Preto ou Máfia do Lixo ou Caso Leão & Leão);
        43) Escândalo da Secom;
        44) Esquema de Corrupção no Diretório Nacional do PT;
        45) Escândalo do Valerioduto;
        46) Escândalo do Brasil Telecom (também conhecido como Escândalo do Portugal Telecom ou Escândalo da Itália Telecom);
        47) Escândalo da CPEM;
        48) Escândalo da SEBRAE (ou Caso Paulo Okamotto);
        49) Caso Marka/FonteCindam;
        50) Escândalo dos Dólares na Cueca;
        51) Escândalo do Banco Santos;
        52) Escândalo Daniel Dantas – Grupo Opportunity (ou Caso Daniel Dantas);
        53) Escândalo da Interbrazil;
        54) Caso Toninho da Barcelona;
        55) Escândalo da Gamecorp-Telemar (ou Caso Lulinha);
        56) Escândalo dos dossiês falsos Contra José Serra e Dulce Cardoso;
        57) Escândalo da Petrobras ( compra da Refinaria de Passadena);
        58) A farsa da CPI da Petrobras;
        59) A ameaça de morte de Joaquim Barbosa por petistas; e
        60) A utilização de computadores do Palácio do Planalto para denegrir a honra de Miriam Leitão e Carlos Albert Sardenberg etc, etc.
        DEPOIS DESSES CRIMES VC VAI VOTAR EM DILMA ROUSSEFF???????????????

  1. ver todos os comentários

Os comentários do texto estão encerrados.